É quase inevitável associar-se Trás-os-Montes ao Douro, mas a região reserva-nos muito mais, quer ao nível da paisagem e da natureza, quer ao nível da cultura e da gastronomia.Interpass_caisvilla01

Exemplo disso é o Cais da Villa, um restaurante obrigatório na cidade de Vila Real que foi considerado pelo Turismo de Portugal como «ponto de interesse turístico».
O restaurante nasceu da recuperação de um antigo armazém, preservando-se o património da cidade, e da vontade de dotar a cidade de um espaço que primasse pela criatividade e inovação.Interpass_caisvilla02

O Cais da Villa recebe, pois, os comensais numa envolvente única, com a harmonia entre tradição e contemporaneidade a pautar o ambiente. A decoração do interior confere ao espaço charme e distinção, traduzidos nos tons escuros das madeiras e dos cabedais e nos tons claros das paredes e da iluminação. Todos os pormenores foram pensados cuidadosamente para cativar quem ali entra. Interpass_caisvilla03

Este cuidado e distinção está presente, como não poderia deixar de ser, nas propostas da ementa: creme aveludado de ervilhas, vieiras e presento bísaro; tranche de cherne, risotto de açafrão e molho de gambas; bacalhau à transmontana recheado com presunto, cebolada de vinho do Porto; posta de vitela maronesa, puré de cherovias, cenourinhas e queijo de azeitão; javali no tacho, pão torrado, castanhas e grelos; sinfonia de sobremesas tradicionais (crista de galo, bisa de lis e torta de laranja); mil-folhas de maçã, gelado de côco e molho de natas e caramelo.
O Cais da Villa divide-se em três espaços que se complementam: restaurante, winehouse e bar. Interpass_caisvilla04

Imagens © direitos reservados