Interpass - 4 coisas que não pode perder na República Dominicana

Para quem prepara a sua viagem à República Dominicana, uma das ilhas das Caraíbas, há 4 coisas que não pode perder e que incluem passeios, descobertas e experiências únicas a usufruir em família, com amigos ou numa estada romântica:

Interpass - 4 coisas que não pode perder na República Dominicana

A zona colonial de Santo Domingo

Fundada em 1498, quatro anos após a chegada de Cristóvão Colombo ao continente americano, Santo Domingo tornou-se uma referência em termos estruturais da maioria das povoações erguidas pelos colonos que traziam a esperança de recomeçar a vida no Novo Mundo. A capital da República Dominicana mantém preservada a zona histórica com as edificações da época: a primeira catedral erguida nas Índias Ocidentais, o hospital, as habitações e as casas senhoriais, a universidade.

Interpass - 4 coisas que não pode perder na República Dominicana

Bahía de Las Águilas

Na fronteira entre a República Dominicana e o Haiti encontra-se aquela que é considerada a mais bela e intacta das praias de toda a região caribenha, a Bahía de Las Águilas. Inserida no Parque Nacional de Jaraguá, esta praia e área circundante não apresentam qualquer edificação nem unidade de turismo, sendo uma zona verdadeiramente protegida onde nem a pesca é permitida. A riqueza da biodiversidade terrestre e marinha valoriza ainda mais uma paisagem já de si deslumbrante. A Bahía de Las Águilas é, com toda a certeza, uma das coisas que não pode perder na República Dominicana.

Interpass - 4 coisas que não pode perder na República Dominicana

Playa Rincón

Igualmente intacta está a Playa Rincón, na Península de Samaná, que se prolonga numa grande extensão de finíssima areia branca, tal açúcar, pontilhada de palmeiras e aconchegada pelas montanhas de vegetação luxuriante. Um paraíso escondido onde não existe vestígios de modernidade e que não pode mesmo perder.

Interpass - 4 coisas que não pode perder na República Dominicana

O santuário das baleias da Península de Samaná

Considerada como uma das experiências mais extraordinárias a não perder na República Dominicana, a observação de baleias na Península de Samaná só se torna possível uma vez ao ano, durante os meses de dezembro a março, altura em que cerca de duas mil baleias migram para estas águas quentes para acasalarem. A Baía de Samaná acolhe o Santuário de Mamíferos Marinhos e tornou-se uma área protegida, tanto por ser refúgio de espécies como por permitir estudá-las no seu ambiente.

Interpass - 4 coisas que não pode perder na República Dominicana

Num país de grande riqueza natural, humana e cultural, são muitos os pontos de interesse a descobrir. Temos os pacotes adequados para tornar a República Dominicana um destino inesquecível – fale connosco ou faça-nos uma visita.

Interpass - 4 coisas que não pode perder na República Dominicana

Imagens © Direitos Reservados