Interpass - 5 coisas que tem mesmo de fazer em Malta

Malta é um arquipélago de sete ilhas que descansam nas águas azuis do Mediterrâneo, das quais apenas três são habitadas. No seu todo, Malta faz um conjunto de portos e vilas, praias e enseadas repletos de encanto e de uma riqueza histórico-cultural impressionante. Este legado remonta às civilizações pré-clássicas e, no decurso do tempo, Malta ficou reconhecida no mapa e na História como sede da Ordem de Malta que, se começou por ser uma ordem religiosa fundada no século XI, hoje em dia é uma organização humanitária internacional atuando como observador pelas Nações Unidas em diversos países.

Interpass - 5 coisas que tem mesmo de fazer em Malta

Não é, pois, de admirar que Malta seja um destino no topo das preferências de turistas de todas as categorias, desde os viajantes solitários às famílias, desde os amantes de História aos adeptos de praia e desportos náuticos. E qualquer que seja o seu tipo, se vai de férias para Malta há 5 sugestões que tem mesmo de seguir.

Interpass - 5 coisas que tem mesmo de fazer em Malta

Explorar Valetta, em Malta

É a capital do país e a principal cidade da ilha de Malta, uma das três habitadas a par com Gozo e Comino. Elevada a património da humanidade pela UNESCO, Valetta tem sabido preservar as estruturas arquitetónicas de outros tempos, conciliando o passado com o presente e mantendo o encanto das cidades antigas. Na cidade abundam palácios, igrejas, torres e fortificações como o Forte de São Telmo, museus, galerias e um animado comércio composto de restaurantes, bares e lojas de inúmeras atividades. Uma cidade sem igual que em 2018 será a capital europeia da cultura.

Interpass - 5 coisas que tem mesmo de fazer em Malta

Fotografar Marsaxlokk, na ilha Malta

A geografia transformou Marsaxlokk num porto natural que abrigou pescadores ao longo dos séculos e cuja beleza da paisagem, tanto da natureza como da presença do homem, tem atraído gentes oriundas de vários pontos do planeta que chegam para fazer férias e outros para enriquecer o seu portefólio fotográfico.  Ao longo da costa, a vastidão de luzzus, os famosos pequenos barcos de pesca malteses, constitui um verdadeiro espetáculo de formas e de cores: pintados nas cores tradicionais de azul, verde e amarelo, todos os luzzus estão decorados com o símbolo do olho de Osíris.

Interpass - 5 coisas que tem mesmo de fazer em Malta

Viajar no tempo, em Mdina, na ilha de Malta

Numa região de grande tranquilidade, ergue-se a “cidade do silêncio”, uma vila que parece ter parado na era medieval, cenário que tem atraído produtores e realizadores de séries televisivas e de filmes de fama internacional, como a Guerra dos Tronos. Bem no coração da ilha de Malta, Mdina traz consigo a crença de ter sido esta a povoação onde, de acordo com a Bíblia, Paulo terá ficado prisioneiro aquando de uma paragem forçada do barco que o levava cativo a Roma. Mdina tem um ambiente pacato onde os edifícios de tons ocres exalam mistério e curiosidade, fascinando quem aqui fica. São habitações e palácios antigos, são museus e igrejas, num conjunto de estruturas de  várias civilizações e épocas: as catacumbas, o domus villa, a Catedral de Mdina, a Catedral de São Paulo e o Palácio Vilhena, para mencionar alguns.

Interpass - 5 coisas que tem mesmo de fazer em Malta

Descobrir a ilha de Gozo

Dotada de paisagens impressionantes, tanto da flora e da fauna como das ruínas e monumentos que atestam a presença de vários povos no arquipélago, a pequena ilha de Gozo é um daqueles locais que tem mesmo de visitar. À semelhança das restantes ilhas, Gozo é um destino que agrada a todos os turistas já que tem uma multiplicidade de encantos.

Interpass - 5 coisas que tem mesmo de fazer em Malta

Para os amantes da natureza e das atividades ao ar livre, a geografia da ilha é perfeita para a escalada, o BTT, as caminhadas, a observação de aves e plantas e o mergulho. Cenário de séries televisivas e de filmes como Guerra dos Tronos, O Conde de Monte Cristo e Choque de Titãs, tem mesmo de visitar a baía de Dwejra e deixar-se contagiar pela beleza das falésias e penhascos que entram pelo mar adentro. E não pode mesmo deixar de ver as ruínas dos templos Ggantija, um conjunto de edifícios classificado pela UNESCO como um dos mais antigos do mundo e cuja construção remonta ao período Neolítico.

Interpass - 5 coisas que tem mesmo de fazer em Malta

Nadar na Lagoa Azul, na ilha de Comino

É em Comino que se situa a Lagoa Azul, a praia de areia clara cujas águas cristalinas e turquesas são consideradas as mais limpas do Mar Mediterrâneo. É outro dos ex-libris de Malta e é muito procurada pela beleza, pela qualidade e pelo ambiente tranquilo. A contribuir para a atmosfera paradisíaca está o facto de que não são permitidos barcos nem outros veículos, apenas as pessoas podem estar na área. A Lagoa Azul é ideal para a prática de snorkelling e mergulho e, claro, para descansar à beira-mar usufruindo de todos os benefícios do sol e do mar.

Interpass - 5 coisas que tem mesmo de fazer em Malta

De mil encantos e guardião da História, o arquipélago de Malta é mais do que um destino de férias, é um paraíso em pleno Mediterrâneo. Não hesite e venha planear a sua viagem connosco.

Interpass - 5 coisas que tem mesmo de fazer em Malta

Imagens © Direitos Reservados