Nem sempre a fama da capital e maior cidade do Quénia se manteve nos píncaros: raptos, doença e uma elevada taxa de criminalidade preenchiam as ruas e empobreciam o centro outrora turístico da África Oriental. Nos dias que correm, a esperança renasceu e há quem se atreva a explorar os recantos esquecidos desta cidade africana.

Interpass - Nairobi - Quenia

© Direitos Reservados

Começando pelo Nairobi National Park, uma actividade que deixará a família feliz será um safari, uma das atracções mais procuradas por viajantes em Nairobi. Leões, chitas, leopardos, búfalos, hipopótamos, zebras, girafas e gazelas, entre outros espécimes, farão as delícias de pequenos e graúdos.

Com o calor que se faz sentir em Nairobi durante quase todo o ano, mas principalmente no Verão, claro está, nada como experimentar uma das cervejas de fabrico local. Beba uma Tusker no Casablanca, em Lenana Road, ou mantenha o pensamento no safari e prove uma fresquinha no Lord Delamere Terrace, Norfolk Hotel, na Harry Thuku Road.

Interpass - Nairobi National Park

© Direitos Reservados

Em Nairobi, não hesite em provar especialidades da região, particularmente o prato mais conhecido no Quénia. Nyama choma, que significa ‘carne grelhada’, é capaz de nos preparar o palato para qualquer coisa depois disto, já que algumas das carnes pertencem a animais tão exóticos como crocodilo, avestruz e camelo. Um bom sítio para experimentar estas iguarias é o restaurante Carnivore, em Langata Road.

Uma das linhas férreas mais famosas da região é a que liga Nairobi a Mombaça, particularmente se for percorrida no Jambo Kenya Deluxe. Esta será a experiência da sua vida num comboio que mostra já algum gasto, mantendo, mesmo assim, um carácter clássico que vai para além de qualquer descrição em palavras. As paisagens, essas são igualmente indescritíveis, por isso sugerimos que as vislumbre a partir de uma carruagem de primeira classe, que custa à volta de 50$.

Interpass - Nairobi - Quenia

© Direitos Reservados