Papua Nova Guiné é um paraíso na região oeste do Pacífico, que ganhou independência da Austrália em 1975 e que, hoje em dia, continua a ser um destino bastante procurado pelos mais aventureiros em busca de paz e natureza no seu estado mais puro.

Interpass - Papua Nova Guine

© Direitos Reservados

Uma viagem a uma das ilhas de Papua Nova Guiné significa uma miríade de montanhas, selvas, pântanos e — se tiver sorte — poderá significar também vislumbrar uma das 700 tribos que lá vivem há centenas de anos e que constituem uma das nações mais heterogéneas do Pacífico e do mundo. A flora e a fauna encontradas na imensidão das planícies e montanhas escondem cerca de 860 línguas faladas entre os povos indígenas.

A melhor forma de explorar a Papua Nova Guiné é participar num roteiro em busca dos tesouros escondidos, começando na floresta de Tari e as suas 13 espécies raras de pássaros paradisíacos e acabando numa visita à tribo Huli, que é conhecida pelas suas perucas de manufactura complexa e que até 1935 era desconhecida do resto do mundo. Para sua comodidade durante a viagem, a melhor opção é ficar numa das eco-lodges instaladas na serra, na floresta ou na costa vulcânica.

Interpass - Papua Nova Guiné

© Direitos Reservados