Construído na década de 30 do século XX, o mercado dos Lavradores é paragem obrigatória para quem visita a bonita cidade do Funchal, na Ilha da Madeira. À habitual azáfama característica dos mercados, junta-se um inusitado movimento dos visitantes que entram e que fotografam, maravilhados, o interior deste mercado – uma explosão de cores, aromas e texturas, desdobrados na enorme variedade de frutas, de flores e de vegetais, e uma união de tradição e folclore patente no traje típico madeirense que os vendedores ainda usam. Situado no centro histórico, no Largo da Feira, o mercado apresenta arquitectura do Estado Novo, com traços de Modernismo e Art Déco e azulejos da antiga Fábrica de Loiça de Sacavém.

© Hélder Cotrim

© Hélder Cotrim