Para aqueles que gostam de «ir para fora cá dentro», nada como explorar espaços que ficaram esquecidos e que, graças a iniciativas de louvar, voltam a dar as boas-vindas a todos os visitantes. Falamos do caso específico do Museu do Arroz, instalado na antiga fábrica de descasque de arroz da Herdade da Comporta, em Grândola, e que, em 2011, foi transformado em espaço museológico dedicado, portanto, ao arroz e aos processos inerentes a este tão icónico cereal. A fábrica foi edificada em 1952 e operou durante cerca de 40 anos. Uma parte já havia sido reactivada para albergar o restaurante Museu do Arroz, ainda em funcionamento, com uma ementa que diverge entre a cozinha tradicional portuguesa e sushi.

© João Morgado – Architecture Photography

© João Morgado – Architecture Photography

© João Morgado – Architecture Photography